musculos-abdominais

Normalmente, quando os programas de fitness prescrevem exercitar os músculos abdominais, normalmente devemos fazer crunchs”; esses exercícios básicos, onde deve-se empurrar com força sobre o períneo.

Não obstante, existem mil e uma forma de reafirmar a barriga e tonificar a cintura abdominal. Por esta razão, propomos hoje algumas variações entre os exercícios mais eficazes que existem.

Os músculos abdominais que estruturam o corpo, desde as costelas até o baixo ventre devem ser objeto de diversos exercícios. Em efeito, com o fim de tonificar corretamente o ventre, é necessário mobilizar os diferentes grupos, através de exercícios variados.

Os abdominais desempenham um papel muito importante no corpo: a torção do busto, inclinada para a frente, a fixação de costas e as vísceras, é possível graças à força dos abdominais.

Por exemplo, se dói as costas com freqüência, convém saber que, trabalhando a musculatura abdominal ajuda a melhorar o desconforto. Assim, recomendamos mudar a cada dia de exercício.
À razão de 5 minutos diários, é possível avançar rapidamente para esculpir um estômago de aço.

A respiração abdominal

Esta forma de respirar mobiliza os músculos profundos e permite o relaxamento. Portanto, um duplo efeito. Deitado sobre as costas, as pernas coladas esticadas, braços ao longo do corpo, inspira profundamente inflando o dente ao máximo, e depois expira tendo em conta que há que colar as lombar no chão e esvaziar o abdome.

Torna-Se a começar a controlar a postura durante vários segundos. Primeiramente durante 3 segundos, depois 5, depois 6, e se ele pode, expirando várias vezes, em um tempo de 8 segundos. Trata-Se de um exercício que constitui um elemento indispensável para o fortalecimento dos músculos abdominais profundos. Este exercício também pode-se praticar estando sentados.

Para trabalhar a musculatura do ventre em profundidade, há que agir sobre os músculos transversos. Bem tonificados, estes músculos garantem um ventre mais liso.

Os exercícios de gainage são excelentes, e não são os corredores, nadadores, os adeptos do Pilates que dirão o contrário. Com o gainage se trabalha mantendo uma contração constante destes músculos

A prática de ferro

foto-lipo-alta-definicaoUm apoio sobre os cotovelos, as mãos à altura dos ombros, e sobre os dedos dos pés, os pés separados e juntos, há que manter o corpo na linha das pernas.

Os glúteos não devem ultrapassar esta fronteira, nem descer com ela. É aí que reside a dificuldade.

No início, manteve-se durante 30 segundos, e depois o tempo vai se prolongando. A prensa é a base do gainage estático.

Alpinista

Para variar o prazer e, sobretudo, para adicionar um pouco de dinamismo para a prensa, podem-se levantar os braços esticados e voltar a reduzi-los em alternância.

Também se podem realizar climbers. Apoiando-se sobre os braços estendidos, ela pega uma perna e depois a outra abaixo do busto, para não aumentar os glúteos.

Se nos concentramos nos glúteos, os pés não tocam o chão. Se você sabe controlar bem a postura, isto é sem ultrapassar a linha reta que se realiza com as costas, você pode esticar as pernas, que também trabalham.

Em caso contrário, dobram-se os joelhos. Você pode pegar uma bola medicinal com as duas mãos na frente do busto, e depois passá-lo da esquerda para a direita com o balanço das pernas, que sempre permanecem constantes da parte dos pés.

Reforçar os oblíquos

Ao contrário do que se costuma pensar, o trabalho dos oblíquos não permite dizer adeus à barriga, pois apenas uma refeição equilibrada os fará desaparecer.

No entanto, estes músculos da superfície são indispensáveis para vários movimentos como a rotação, o impulso para baixo, e o da fixação de costas.

Assim, não convém esquecer, o exercício anterior é fundamental e perfeitamente adaptado ao trabalho dos abdominais oblíquos igualmente.

Mas para reafirmar verdadeiramente estes músculos, o gainage lateral é um exercício de base que deve ser alternado com o de ferro o climber, por exemplo.

A posição consiste em apoiar-se sobre um braço estendido abaixo do ombro e com as pernas estendidas. O corpo deve estar alinhado com as pernas estendidas, sem descer nem subir a pelve.

O exercício é praticado durante 45 segundos de ferro sobre o ventre, e depois de 45 segundos de gainage lateral, de um lado, depois o outro, sem pausa.

Convém fazê-lo três vezes, a cada manhã. Em pouco tempo se podem ver os efeitos benéficos. Outra variante para aumentar a dificuldade, é levantando uma perna.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *